CONEXÕES TRANSFORMADORAS


Além dos benefícios econômicos trazidos pela conectividade dos aviões, o transporte aéreo traz uma série de efeitos positivos de caráter social. A aviação verdadeiramente transforma a vidas das pessoas.

Ao atuar para que cada vez mais passageiros e cargas possam ser transportados no Brasil, a ABEAR e as companhias aéreas reforçam estes benefícios, mas isso não é tudo: o setor tem como compromisso compartilhar efeitos positivos com toda a sociedade.

A associação e as empresas desenvolvem ações e projetos de responsabilidade social nas áreas de saúde, educação, cultura, esportes, acessibilidade, moradia, meio ambiente e sustentabilidade. Há também o envolvimento dos trabalhadores da aviação, que atuam como voluntários em diversos projetos. Estas iniciativas ajudam milhares de brasileiros a voarem mais alto, realizarem sonhos e estabelecerem conexões transformadoras.

 


Iniciativas conjuntas

Reunidas por meio da ABEAR, as maiores companhias aéreas brasileiras realizam uma algumas ações unificadas de cunho social. Além disso, individualmente, cada companhia tem uma relação própria de projetos apoiados.

Veja abaixo descritivos e o vídeo de apresentação dos esforços conjuntos do setor aéreo. Confira no menu lateral um pouco mais de algumas das iniciativas apoiadas pelas empresas.

Asas do Bem é a principal iniciativa comum das companhias aéreas fundadoras da ABEAR . Existente há mais de quinze anos, viabiliza o transporte gratuito de órgãos, tecidos e equipes médicas para a realização de transplantes em todo o Brasil. Trata-se de uma parceria com o Ministério da Saúde, por meio da Central Nacional de Transplantes, além do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA), órgão do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), e operadores aeroportuários.

Outro projeto é o Amigos do Bem, ONG que atua no combate a fome e miséria no sertão nordestino. Essa empreitada garante trabalho, educação, saúde e infraestrutura para cerca de 60 mil pessoas.

A ABEAR e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) firmaram uma parceria durante as Paralimpíadas de 2016, quando atletas paralímpicos compartilharam suas experiências e desafios na hora da viagem de avião. Assim, as quatro associadas definiram prioridades da implementação de melhorias nos serviços aos passageiros com algum tipo de deficiência.